Estelar

Saturno em capricórnio

Publicado em 20/12/2017, às 16h33 | Atualizado em 20/12/2017, às 19h23

Por Carol Leão

Saturno é chumbo nos pés. Não voa. Não idealiza. Faz. / Foto: Acervo pessoal

Saturno é chumbo nos pés. Não voa. Não idealiza. Faz. Foto: Acervo pessoal

O ingresso hoje de saturno em capricórnio, signo que ele rege, inaugura um novo período de ciclos que vão fazer conjunções, quadraturas e oposições aos signos cardinais (áries, câncer e libra, além de capricórnio). Saturno se une a marte em capricórnio, faz trígono com júpiter em escorpião, trígono com urano e tem a grande conjunção de saturno e júpiter, em 2021. São três anos de estruturação pela tenacidade, persistência e realização por metas. Aqui não tem muito espaço para sonho não. Saturno é chumbo nos pés. Não voa. Não idealiza. Faz.

Nas comunidades tradicionais, havia sempre um momento de festa. Os períodos da colheita ou nascimento, os ritos de passagem, as comemorações e vitórias. A festa faz parte da alma coletiva. A festa é aquilo que transborda, onde podemos deixar de lado um pouco o cansaço da realidade e entrar no êxtase da dança, da alegria coletiva. A festa, porém, não é mais rito de passagem. A festa é compulsiva e compulsória.

Sejamos francos: não lidamos bem com a realidade. As gerações pós-70 são gerações escapistas. Comemos demais e não gostamos. Gastamos demais e não podemos. Consumimos demais e não nos satisfazemos. Somos viciados em f5. Em atualizar a página. Em alimentar o feed. Em nos fazermos presentes. Em não nos deixarmos ser ausentes.
Ansiamos por algo que nos falta e não chega nunca.

Os últimos 5 anos foram minguantes economicamente e, principalmente, a geração 70, que vivencia a quadratura saturno-netuno, tem que agora prestar conta com a sua própria maturidade.

Saturno em capricórnio é, certamente, o tiro de misericórdia que faltava para que muita gente consiga se estruturar emocionalmente – ou não.

Capricórnio é um signo de terra, frio e seco. Não se adapta, não faz concessões. É irredutível em seu foco que mira alguma coisa mais a frente que ele nem sabe mais o que é. Há sempre uma grande preocupação e um grande dilema. Enquanto câncer, seu oposto complementar, transbordar de sonho e sensibilidade, capricórnio nos indica que sem prática, realização e concentração não há crescimento possível.

Saturno é um planeta frio e seco, adstringente, suga a sensibilidade. Saturno traz suas lições pela perda, pelo desgaste e pelas marcas do tempo. O crescimento vem de uma nova ordem, pois aquela outra já não é mais possível para a vida.

As lições de saturno em capricórnio já foram testadas nesses últimos 3 anos. A festa acabou pra muita gente. E o vazio ficou. A festa continua para outras tantas. E o vazio ficou. Saturno em capricórnio é o filtro para o entendimento do foco necessário sobre o que é realmente importante na vida de cada um de nós. O que saturno em sagitário levou não há como recuperar. O que saturno em capricórnio trará é a capacidade de resistir, insistir, persistir e se manter firme diante de tudo que sobrou nesses tempos. O que sobrou é o que realmente deveria ficar.

Palavras-chaves desse novo ciclo: resiliência, concentração, determinação, realidade, maturidade.
Quem passa pelo primeiro e segundo retorno de saturno vive de forma mais pungente esse chamado à maturidade e o processo doloroso que é sair do reino da fantasia, da juventude ou mesmo da saúde e vigor físico. Quem nasceu com saturno em câncer vive a oposição saturno-saturno. O mais importante é saber em que setor esse cabo de guerra vai acontecer. As quadraturas saturninas (saturno em áries e em libra) também indicam) momentos mais delicados para a estruturação de projetos.

Veja a previsão para o seu signo nos próximos 3 anos. Observe a área e entenda em que você precisa focar para se planejar e resistir – se for preciso, abandonar e correr o risco. Não é que tudo que está aqui vá acontecer. Mas a astrologia trabalha com previsões e tendências. Se as áreas abaixo já estão mais delicadas, concentre-se um pouco mais nelas.

Saturno no setor 10: carreira, reconhecimento social, estabilidade.


Saturno no setor 9: viagens, estudos, espiritualidade.


Saturno no setor 8: dívidas, desapego.


Saturno no setor 7: Casamentos, negócios, parcerias.


Saturno no setor 6: crises, saúde, rotina de trabalho.


Saturno no setor 5: filhos, romances.


Saturno no setor 4: família, terra natal, sonhos.


Saturno no setor 3: viagens curtas, aprendizado, socialização.


Saturno no setor 2: ganhos, trabalho, autoestima.


Saturno no setor 1: saúde, trabalho e imagem pessoal.


Saturno no setor 12: recolhimento, tempo de idealização e gestação de projetos.


Saturno no setor 11: amigos, grupos, coletivos, coletividade.


*As colunas assinadas não refletem, necessariamente, a opinião do NE10

PALAVRAS-CHAVE: entretenimento estelar

Estelar Carol Leão Carol Leão é jornalista e fez doutorado em sociologia. Estuda mitologia e literatura desde criança mas há 8 anos se dedica com exclusividade à astrologia. Ama tarô, estrelas, fotografia, arquitetura moderna e estelar. Mantém a página Nau Astrologia e Cultura no Facebook.. carolinaleaorecife@gmail.com

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

  • De: carolina luna- 22/12/2017 10:16 Muito bom o texto. Parabens! que o universo te inspire ainda mais
Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo