enem 2023

TEMA REDAÇÃO ENEM 2023: Quais são os possíveis temas da redação do Enem 2023? Confira!

O Enem acontece em novembro

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 21/08/2023 às 17:42
Rovena Rosa/Agência Brasil
O Novo Ensino Médio aumenta a carga horária das escolas, muda a distribuição de disciplinas no currículo e possibilita que os alunos escolham em quais áreas vão se aprofundar. FOTO: Rovena Rosa/Agência Brasil

Estudantes de todo Brasil se preparam para o Enem 2023, que acontece em novembro deste ano e é considerado o principal meio de entrada ao ensino superior.

Na primeira jornada do exame, a tarefa primordial dos alunos será a elaboração da redação do Enem, a única avaliação subjetiva do teste.

Alcançar uma classificação satisfatória na redação é de extrema relevância para os concorrentes, uma vez que as pontuações destinadas a essa prova oscilam de zero a mil.

Continue lendo esse texto para descobrir as habilidades demandadas na redação do Enem 2023, quais são os possíveis temas da redação do Enem, além de receber sugestões sobre como dar início a uma redação.

Calendário do Enem 2023

  • Inscrições: de 5 a 16 de junho;
  • Realização das Provas: 5 e 12 de novembro;
  • Disponibilidade dos Gabaritos: 24 de novembro;
  • Anúncio dos Resultados: 16 de janeiro de 2024.

Compreenda a Nova Edição do Enem

Competências Avaliadas na Redação do Enem

Avalia-se a redação do Enem com base em cinco aptidões, cada qual com valor de 200 pontos:

  • Competência 1: Demonstrar proficiência na modalidade escrita formal da língua portuguesa;
  • Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das diversas áreas do saber para desenvolver o tema, respeitando a estrutura do texto dissertativo-argumentativo;

  • Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

  • Competência 4: Exibir conhecimento dos elementos linguísticos necessários à construção do argumento.

  • Competência 5: Formular sugestão de intervenção para a problemática apresentada, respeitando os princípios dos direitos humanos.

Após a aplicação da prova, cada avaliação é submetida à análise de dois avaliadores distintos. Caso haja discrepância superior a 100 pontos na nota total ou a mais de 80 pontos em relação a alguma das aptidões, o texto é encaminhado a um terceiro avaliador.

Persistindo a discordância após essa terceira análise, a redação é direcionada a um comitê composto por três professores, responsáveis pela nota final do participante.

Compreenda o Cálculo da Nota do Enem

Modos de Iniciar uma Redação

Diversas abordagens podem ser adotadas ao começar uma redação dissertativa-argumentativa. Portanto, é imprescindível para o estudante inscrito no Enem 2023 ter em mente uma maneira de introduzir o tópico de modo claro e atrativo para o avaliador.

Uma tática eficaz para o início da redação do Enem é incorporar um conhecimento externo relacionado ao tópico do texto já no início do primeiro parágrafo, o que já se traduzirá como um domínio da área do conhecimento, conforme exigido pela competência 2.

O conhecimento externo pode se tratar de um evento histórico, uma citação ou até mesmo uma alusão à cultura pop (filmes, literatura, séries, música etc).

A seguir, são apresentadas algumas recomendações de como dar início a uma redação, extraídas do portal Super Vestibular:

  • Identifique o foco textual
  • Mencione o assunto
  • Delimite sua tese
  • Apresente um panorama histórico relacionado ao tema
  • Estabeleça conexões com obras literárias, cinematográficas ou fatos
  • Enfoque a problemática relacionada ao tópico

Temas Possíveis para a Redação do Enem 2023

Os estudantes inscritos no Enem que almejam sentir-se preparados para desenvolver a redação devem manter-se atualizados quanto a questões atuais.

A seguir, elencam-se potenciais assuntos a serem abordados na redação do Enem 2023, com informações do portal Brasil Escola:

  • Repercussões da pandemia na área educacional
  • Violência contra crianças no âmbito doméstico
  • A importância do sufrágio na consolidação da democracia
  • Recuperação econômica pós-pandemia
  • Valorização da carreira docente
  • Alimentação saudável e os desafios contemporâneos no Brasil
  • Subrepresentação feminina no cenário político
  • Ecoturismo sustentável
  • Desafios na saúde pública em relação à queda nas taxas de vacinação infantil

XIX Congresso Internacional de Tecnologia na Educação

Quando o assunto é educação, o XIX Congresso Internacional de Tecnologia na Educação (CITE) é o grande evento do ano para quem deseja aprofundar seus conhecimentos acerca da situação da educação no Brasil.

O evento abrange um total de 51 palestras, 7 oficinas e 5 prosas/mesas redondas com nomes relevantes do cenário educacional do Brasil e do mundo.

Aqueles que participarem terão acesso a apresentações culturais, Ideathons, Salão de Empreendedorismo (com estandes virtuais para a comercialização de serviços e produtos educacionais) e ao Espaço do Conhecimento (programação dedicada à disseminação e compartilhamento de trabalhos acadêmicos).

O CITE está agendado para os dias 20, 21 e 22 de setembro de 2023, ocorrendo nas cidades de Recife, Caruaru e Petrolina. Para se inscrever, clique aqui.