Web gourmet

Cachaça, presente de bom gosto neste fim de ano

Publicado em 10/12/2018, às 17h27 | Atualizado em 10/12/2018, às 20h33

Por Eduardo Gazal

As opções de cachaças e os valores são variados / Foto: Eduardo Gazal

As opções de cachaças e os valores são variados Foto: Eduardo Gazal

Aposte! Neste fim de ano experimente presentear um amigo ou parente querido, que aprecia uma boa bebida destilada, com uma cachaça nova para sua coleção ou degustação imediata. Esta é a nossa dica para os leitores da Web Gourmet e, para orientar melhor, elencamos algumas informações que obtivemos em conversas com especialistas e consultas a organismos interessados em promover a bebida.

Existe hoje a preocupação em colocar a Cachaça no mesmo patamar dos whiskies e runs, por exemplo, buscando reconhecimento internacional para nossa bebida. Estão envolvidas organizações privadas e governamentais, grandes fabricantes e produtores artesanais. O reconhecimento da cachaça é tratado de forma muito profissional.

E motivos não faltam. A nossa cachaça pode receber inúmeras possibilidades de enobrecimento, transformando o destilado do Brasil em uma bebida que merece reconhecimento no mercado local e internacional. A cachaça permite inúmeros tipos de consumo, seja ele puro ou com frutas.

Em Recife, recomendamos os mercados públicos, alguns exemplos: Mercado de Boa Viagem, Encruzilhada e Madalena

Os processos de armazenamento e envelhecimento utilizando madeira, como jequitibá, amburana, ipê e pau-brasil, resultam em combinações únicas. Existem relatos de mais de trinta espécies vegetais que podem fornecer madeira para o trabalho de tanoaria. Outros exemplos são: Amendoim, Angico, Bálsamo, Carvalho Europeu, Carvalho Americano, Castanheira, Freijó e Jatobá.

Não há limite para as combinações que podemos fazer porque a cachaça possui os mais variados gostos.

Um pouco de história

Não temos registros precisos sobre o local onde a cachaça foi destilada, podemos afirmar que a produção começou em engenhos de açúcar localizados na costa do Brasil, provavelmente na primeira metade do século XVI.

Seguindo esta previsão, podemos colocar a cachaça como o primeiro destilado produzido na América Latina, portanto, segundo alguns especialistas, anterior ao surgimento do Pisco, da Tequila, do Bourbon e do Rum.

Saiba mais sobre a história da cachaça no link abaixo. Trata-se de um documento muito bem elaborado por José Carlos Dantas e Gustavo Krause, datado do ano de 2014.

http://www.galeriadacachaca.com.br/historia.php

A importância do nosso destilado

Para completar as informações desta publicação apresentamos um webvídeo denominado "Cachaça Patrimônio - Conversa com Gilberto Freyre Neto" que publicamos em nossa coluna, em Julho de 2018. Em uma narrativa muito feliz, Gilberto demonstra seu conhecimento sobre o assunto e finaliza seu depoimento de forma brilhante. Aproveitem!

A apresentação no mercado internacional

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) trabalha para promover produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros em áreas estratégicas da economia brasileira. Realiza atividades de promoção comercial com o objetivo de promover exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros internacionalmente, como missões comerciais, reuniões de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, compradores estrangeiros e influenciadores.

No link abaixo, podemos ver como nossa cachaça é apresentada aos consumidores de outros países. O site mostra um pouco da história do destilado, madeiras utilizadas no seu armazenamento ou envelhecimento e um pouco de mixologia, sugerindo variações da cachaça com frutas, por exemplo.

Clássicas, de Minas Gerais e Pernambuco

Clássicas, de Minas Gerais e PernambucoFoto: Eduardo Gazal

O idioma inglês foi o escolhido, mas um tradutor on line disponibilizado no site pode ser um recurso para entender a publicação do IBRAC, juntamente com a Apex-Brasil.

http://www.tastebrasil.com/

Onde Comprar:

Em Recife, recomendamos os mercados públicos, alguns exemplos: Mercado de Boa Viagem, Encruzilhada e Madalena.
Nas outras cidades da Região Nordeste, e, nos casos em que a necessidade de compra for mais exigente, aconselhamos o site da Galeria da Cachaça, onde é possível encontrar ou encomendar o destilado produzido nas principais regiões do Brasil. Visite em:

Galeria da Cachaça
http://www.galeriadacachaca.com.br/index.php


Conheça alguns produtores

Abaixo estão alguns produtores de cachaça. É apenas uma pequena lista diante da vasta produção nacional. Escolhemos para iniciar nossa viagem pelo Brasil, produtores próximos de Alagoas e Pernambuco, pois podemos agendar visitas ou comprar on line.

A Cachaça Matriarca, do Sul da Bahia, utiliza madeira da Jaqueira em sua tanoaria

A Cachaça Matriarca, do Sul da Bahia, utiliza madeira da Jaqueira em sua tanoaria Foto: Eduardo Gazal

Cachaça Gogó da Ema - Alagoas
www.cachacagogodaema.com.br

Engenho Caraçuípe - Alagoas
www.engenhocaracuipe.com.br

Para completar nossa pequena viagem conheçam a "Carta das Cachaças de Pernambuco", publicação on line que estamos compartilhando com nossos leitores. A elaboração e divulgação da carta foi possível através do trabalho da APAR (Associação Pernambucana dos Produtores de Aguardente de Cana e Rapadura).

Estamos diante de um documento muito esclarecedor e repleto de informações que contribuem para o estudo da Cachaça no Brasil. A carta apresenta fatos históricos sobre o início da produção do nosso destilado e localiza produtores e engenhos, atualizando aos interessados as principais cachaças fabricadas em nosso Estado.

Carta da Cachaças de Pernambuco
www.cachacadepernambuco.com.br

*As colunas assinadas não refletem, necessariamente, a opinião do NE10

Web gourmet Eduardo Gazal pós-­graduado em Gastronomia Brasileira e ainda um cozinheiro por paixão!. eduardogazal@gmail.com

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

  • De: JOSÉ CARLOS DANTAS- 11/12/2018 07:34 Parabéns pela "matéria", a Cachaça é tudo isso e muito mais. Nós brasileiros precisamos valorizar a nossa principal bebida que, não tenho dúvidas, é a mais versátil bebida e está entre os melhores destilados do mundo. Aproveite o final de ano e brinde uma dose de patriotismo,
Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo