Corrupção

Vereadores de Caruaru são alvos de investigação da Polícia Civil

Publicado em 18/12/2013 , às 07 h44

Do NE10Núcleo SJCC/Caruaru

Dez vereadores de Caruaru, no Agreste do Estado, foram ouvidos pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (18), sob suspeita de concussão, corrupção passiva e organização criminosa.

Os parlamentares estariam exigindo ao prefeito José Queiroz (PDT) o valor de R$ 2 milhões, para aprovação do projeto do BRT (Bus Rapid Transit), orçado em R$ 250 milhões.

Segundo as primeiras informações, uma ação da Polícia Cívil chamada de Operação Ponto Final, pretende investigar denúncias de suborno na Câmara do município. As invetigações começaram há cerca de seis meses e foram conduzidas pela Gerência de Controle Operacional do Interior (GCOI 1).

Cento e vinte policiais civis, entre delegados e agentes estão envolvidos na Operação. Os dez vereadores ouvidos já foram conduzidos à Penitenciária Juiz Plácido de Souza, são eles:

Sivaldo Oliveira (PP)
Cecílio Pedro (PTB)
Pastor Jadiel (Pros)
Val das Rendeiras (Pros)
Val (DEM)
Louro do Juá (SDD)
Eduardo Cantarelli (SDD)
Jajá (PPS)
Neto (PMN)
Evandro Silva (PMDB)

PALAVRAS-CHAVE:

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.


Vitrine NE10
Fechar vídeo