18ª Rodada

Sport aposta na ofensividade e vence a Cabense por 3x0

Publicado em 24/03/2011 , às 23 h18

Por Laura CortizoDo Blog do Torcedor

O Sport manteve postura ofensiva durante toda a partida e venceu a Cabense por 3x0 na noite desta quinta-feira, em partida que encerrou a 18ª rodada. Apesar dos erros de finalização, o Leão insistiu e acabou aproveitando as falhas da zaga do time visitante. O Sport está na 5ª posição na classificação do Campeonato, com 31 pontos, enquanto a Cabense fica em 8º lugar, com 20 pontos.
 
Os próximos jogos da equipe de Hélio dos Anjos são confrontos diretos, a começar pelo 4º colocado na tabela, o time do Central, que o Sport enfrenta no domingo em Caruaru. Até o fim desta primeira fase do Campeonato Pernambucano, estão previstas, ainda, partidas contra o Santa Cruz, o Porto e o Náutico. Fugir da oscilação que vem sendo apresentada agora é obrigação da equipe rubro-negra.

No primeiro tempo, apesar de ter enfrentado forte marcação, os runro-negros partiram ofensivo contra a Cabense. Já aos 3 minutos, surgiu a oportunidade de gol para o time da casa. O jogador Joécio puxou Carlinhos Bala dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Quem partiu para a cobrança foi Marcelinho Paraíba, que chutou bem e fez o primeiro tento do Leão.

O time da casa continuou, durante toda a primeira etapa, investindo no ataque, mas errou bastante nas finalizações. Aos 11 minutos, Marcelinho recebeu bem de Bala, avançou na área pela esquerda, tentou mandar para o gol, mas Delone espalmou, mandando para escanteio. Aos 16, mais uma chance desperdiçada. Tadeu fez ótima finta para Thiaguinho que avançou pela área, mas foi interceptado pelo zaguerio da Cabense, que recuou a bola. Delone achou que Thiaguinho tinha tocado na bola e o árbitro terminou marcando falta em dois toques na área. Carlinhos Bala cobra, Tadeu tenta arrematar, mas a bola desvia na barreira.

A primeira baixa do time veio aos 19, quando Thiaguinho, que havia avançado em boa jogada minutos antes, sentiu a coxa e teve que deixar o gramado para ser substituído por Fabrício. O time demorou um pouco para assimilar a entrada do novo meia, mas não perdeu velocidade. Aos 35, quem sente a coxa é André Leone, que acaba substituído por Monotya.

Apesar das perdas, o Sport não mudou de postura nem perdeu força, continuou sem dar brechas para o ataque adversário, mas também se mostrou um pouco afobado para aumentar a vantagem, sem conseguir finalizar. Ainda aos 41 do primeiro tempo, em falta para o Sport na entrada da área, Fabrício cobrou muito bem, Delone tentou segurar, mas a bola sobrou e foi retirada da área pelo zagueiro.

Para o segundo tempo, a equipe manteve a postura. Já no primeiro minuto, Tadeu avançou pela esquerda, sofreu com a marcação, mandou de calcanhar para Bala, que tentou mandar para a rede, mas a bola passou do lado esquerdo do gol da Cabense. Aos 10 minutos, mais pressão na área do time do Cabo: em cobrança de falta na entrada da área,  Marcelinho Paraíba mandou a bola na barreira, mas o time-rubro negro conseguiu recuperar, Fabrício tentou chute forte com pé esquerdo, mas mandou para fora.

O segundo gol veio aos 12, quando Carlinho Bala insistiu pelo meio, mandou na trave, recuperou a bola e mandou para o gol, aos 12 minutos.

A cabense ainda tentou diminuir em pelo menos duas jogadas mais perigosas. Aos 20 minutos, Flávio Caça-rato tentou arrematar pela esquerda, mas Magrão defendeu tranquilamente. Aos 27, mais uma boa defesa de Magrão. No ataque da Cabense, a bola sobrou na marca do pênalti e o goleiro rubro-negro ficou com a bola.

 Aos 33, foi a vez de Tadeu, que recebeu de Vítor pela direita e arrematou pertinho da trave, mandando a bola para o fundo do gol. Torcida rubro-negra foi ao delírio! Logo após o gol, Tadeu foi substituído por Ciro.

CRAQUE DA PARTIDA - Os internautas do Portal NE10 escolheram Marcelinho Paraíba como o melhor jogador da partida, com 28% dos votos. O segundo lugar ficou com Carlinhos Bala, escolhido por 17% dos torcedores. Já Daniel Paulista recebeu 14% dos votos, ficando na terceira posição.

FICHA DO JOGO

Sport: Magrão; Vítor, Alex Bruno, André Leone (Hamilton), Wellington Saci; Hamilton, Daniel Paulista, Thiaguinho (Fabrício), Marcelinho Paraíba; Tadeu (Ciro), Carlinhos Bala. Técnico: Hélio dos Anjos.

Cabense: Delone; Alex (Algodão), Joécio, Fernando Belém, Oziel (Buiú); Dinho, Xinho, Guego, Rosivaldo (Diogo); Flávio Caça-rato, Ricardo. Técnico: Adelmo Soares.

Local: Ilha do Retiro, Recife. Árbitro: Cláudio Mercante. Assistentes: Alcides Lira e Albert Júnior. Gols: Marcelinho Paraíba, Carlinhos Bala e Tadeu. Cartões amarelos: Xinho, Alex, Alex Bruno, Vítor e Oziel. Público: 17.577 Renda: R$ 89.980

PALAVRAS-CHAVE:

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.


Vitrine NE10
Fechar vídeo