Ilha

José Moura também não agrada oposição do Sport

Publicado em 29/11/2010, às 20h44 | Atualizado em 30/07/2014, às 07h50

Do JC OnlineCom informações do Jornal do Commercio

A desistência do atual presidente executivo, Sílvio Guimarães, em concorrer à presidência do Conselho Deliberativo na chapa de Gustavo Dubeux não acalmou os ânimos na Ilha do Retiro. A escolha de José Moura, presidente no biênio 1979/1980 também desagradou o mesmo grupo que se colocava contra Guimarães sob alegação de que este seria parente de Dubeux. A indicação dos oposicionistas é o advogado e ex-deputado Harlan Gadelha, que chegou a candidatar-se a presidente na sucessão de Severino Otávio (2003/2004) mas retirou-se para apoiar Luciano Bivar - que viria a ser eleito.

Quem falou em público sobre o veto a José Moura foi outro ex-presidente, Homero Lacerda. Segundo ele, além do parentesco, um filho de Moura é diretor da empresa de Gustavo Dubeux. \"Acho que é preciso mais diálogo. Queremos um Conselho mais transparente e independente. Respeito muito José Moura, fui até diretor dele na época em que foi presidente, por sinal, um grande presidente. Mas acho que como parente de Dubeux e tendo um filho na sua empresa, não deve assumir o Conselho\", disse.

Sobre Gadelha, Homero diz ser um grande nome. Ele também fez elogios a Dubeux e acredita que na base do diálogo, uma composição pode ser costurada. \"Harlam é um grande nome. Só queremos um Sport mais forte, com um bom projeto. Portanto, esperamos a compreensão de Gustavo, que sempre teve o nosso apoio e também é um grande candidato\", pontuou.

Gustavo Dubeux encontra-se em Belo Horizonte e ainda não se manifestou sobre as indicações. Por enquanto, sabe-se que se uma nova chapa for lançada ele ameaça retirar-se do processo.

Quanto ao futebol, o diretor e futuro vice de futebol, Severino Otávio, disse que o clube já iniciou as conversas para renovar contrato com o zagueiro/volante Tóbi e o lateral-esquerdo Dutra. \"Conversamos com Tóbi e o procurador de Élton. Devagar vamos definindo as coisas\", apontou.

Tóbi esteve no clube e mostrou-se confiante numa resolução até a próxima quarta-feira (1). Nem mesmo a política salarial mais apertada que deve ser implementada o assustou. \"Acho que o Sport está fazendo certo. A conversa foi boa e falta falar com o presidente. Até quarta-feira estará tudo acertado\".

PALAVRAS-CHAVE: futebol

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

Vitrine NE10
Fechar vídeo