Política

Equipe de transição em Natal já foi definida pela prefeita

Publicado em 29/10/2012, às 20h18 | Atualizado em 21/07/2014, às 08h05

Kívia SoaresDo NE10/rio Grande do Norte

A prefeita de Natal (RN), Micarla de Sousa, já definiu a equipe de transição de sua gestão. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (29), após reunião durante toda a tarde no Palácio Felipe Camarão, sede da Prefeitura. A prefeita colocou à disposição da equipe de transição do prefeito eleito, Carlos Eduardo (PDT), já a partir desta terça-feira (30), o Centro Municipal de Referência em Educação Aluizio Alves (Cemure).

LEIA MAIS:

Micarla de Sousa reúne secretariado para falar sobre a transição do governo em Natal

Micarla de Sousa determinou ainda, que seus aixiliares se empenhem ao máximo, no sentido de oferecer o maior número de informações ao novo prefeito.

A equipe de transição da Prefeitura será coordenada pelo diretor geral do Procon Natal, Rivaldo Fernandes e formada pelos secretários de Trabalho e Assistência Social, Alcedo Borges Júnior, de Políticas Públicas para Mulheres, Josileide Lucas de Pontes, pelo adjunto de Planejamento, Fúlvio Saulo Mafaldo do Nascimento, pelo chefe do Gabinete da Prefeita, Caio César de Araújo Medeiros e ainda pelo presidente da Companhia de Serviços Urbanos de Natal, João Bastos, e o presidente do Instituto de Previdência Social dos Servidores do Município de Natal, Sylvio Eugenio Araújo de Medeiros.

Segundo Rivaldo Fernandes todos os secretários já receberam ofício determinado a elaboração de relatórios minuciosos de gestão. "O processo de transição, por determinação da Prefeita será republicano e transparente", disse.

A expectativa do coordenador de transição é que dentro de 10 dias úteis o relatório com informações de todas as secretárias esteja pronto para ser entregue à equipe de transição do prefeito eleito.

PALAVRAS-CHAVE: eleições 2012

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

Vitrine NE10
Fechar vídeo