Questão de pele

Novidades no processo de envelhecimento

Publicado em 07/10/2014, às 23h06 | Atualizado em 07/10/2014, às 23h09

Por Cláudia Magalhães

 / Foto: CanStock

Foto: CanStock

Alguns novos conceitos muito interessantes estão sendo descritos em relação ao processo do nosso envelhecimento - seus efeitos e principalmente as suas causas.

No último IMCAS (Meeting Internacional de Dermatologia Estética), realizado em Hong Kong no mês de agosto deste ano, foi demonstrado que fatores do meio ambiente como a poluição são tão ou mais importantes no processo de desencadeamento do envelhecimento da pele quando comparados com a ação das radiações ultravioletas (UV) sobre ela.

Por outro lado, nesse mesmo Meeting de Hong Kong, foi também demonstrada a importância do uso de alguns produtos dermatológicos de uso tópico (para serem aplicados sobre a pele) que contenham substâncias antioxidantes. Esses antioxidantes terão o efeito de neutralizar a ação dos radicais livres que são, em parte, produzidos na nossa pele secundariamente à ação das radiações UV, bem como desses agentes poluentes do meio ambiente.

Os antioxidantes podem estar englobados diretamente nos filtros solares ou podem ser usados antes deles, na forma de séruns ou em veículos aquosos (muitos semelhantes às águas thermais). Eles geralmente apresentam uma fácil absorção pela pele da face e não a deixam com um aspecto oleoso, quando colocamos, logo após eles, o protetor solar e a maquiagem do nosso dia a dia.

Cláudia Magalhães no Congresso Brasileiro de Dermatologia

Cláudia Magalhães no Congresso Brasileiro de Dermatologia Foto: divulgação

A famosa marca de dermocosméticos Skinceuticals já está bastante atenta para esses novos conceitos do processo de envelhecimento e divulgou qual será a melhor maneira que os seus conceituados produtos podem e poderão intervir favoravelmente contra o sol e contra a poluição. Inclusive, esse foi um tema abordado pela empresa durante o último Congresso Brasileiro de Dermatologia realizado no final de setembro no Recife.

Enfim, boas novas estão constantemente sendo desenvolvidas para que o processo de envelhecimento seja minimizado e para que possamos permanecer por muitos anos das nossas vidas com uma aparência mais jovem e mais saudável. Por isso, vale a pena acompanhar o atual e eletrizante desenvolvimento da ciência a favor do nosso bem-viver!!!

*As colunas assinadas não refletem, necessariamente, a opinião do NE10

PALAVRAS-CHAVE: questão de pele notícias

Questão de pele Cláudia Magalhães Formada pela Unicamp, onde fez residência médica, é especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). É membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e Fellow da Sociedade Americana de Dermatologia (AAD) e da Sociedade Americana de Laser (ASMLS). recepcao.claudiamagalhaes@gmail.com

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.