Questão de pele

Conheça mais sobre a novidade para o rejuvenescimento chamada Ellansé

Publicado em 23/05/2018, às 11h50 | Atualizado em 23/05/2018, às 11h51

Por Cláudia Magalhães

Os pacientes possuem mais uma arma para disfarçar os sinais do envelhecimento. / Foto: Pixabay.

Os pacientes possuem mais uma arma para disfarçar os sinais do envelhecimento. Foto: Pixabay.

O aumento da expectativa de vida tem levado à revisão de conceitos como o de anti-idade, baseado na ideia do "não querer ficar velho", por conceitos que encaram o envelhecimento como algo natural e belo. Negar o envelhecimento é negar a beleza da passagem da vida. O ritmo dos centros de pesquisa continua acelerado desenvolvendo novidades em medicamentos, tecnologias e dermocosméticos para retardar o nosso envelhecimento. A busca por uma aparência mais jovem tem motivado tanto a indústria, como os especialistas em medicina cosmiátrica, a desenvolver técnicas e produtos que atendam às expectativas dos pacientes com novidades que prometem tratamentos cada vez mais eficazes.

Uma dessas novidades que acaba de chegar ao Brasil este ano é o Ellansé, uma nova classe de preenchedores faciais desenvolvida pela empresa Sinclair Pharma. Aprovado pela ANVISA no início deste ano de 2018, desembarcou oficialmente nas clínicas no mês de maio. Já tem sido utilizado na Europa há mais de 12 anos, com bastante sucesso. Com a sua chegada ao Brasil, temos agora uma nova arma no combate ao envelhecimento, que promete resultados naturais, ao auxiliar a pele a recuperar a sua elasticidade e firmeza, com efeitos a longo prazo.

O Ellansé oferece também um potente efeito de estimulação da produção do colágeno. Composto por um gel à base de água (carboximetilcelulose), já utilizada em vários produtos usados para a pele), com microesferas de policaprolactona e um polímero bioabsorvível que pode ser usado inclusive em suturas e implantes no corpo humano, é similar ao preenchimento tradicional com o ácido hialurônico. Essas microesferas são injetadas na pele e conferem um resultado imediato por meio do preenchimento de rugas e sulcos profundos, além da redefinição dos contornos faciais.

Porém, esse resultado imediato das microesferas de policaprolactona é acompanhado por um efeito posterior de bioestimulação da produção do colágeno, que é chamada de neocolagênese. O colágeno é uma proteína presente naturalmente no nosso organismo e a maior parte da sua concentração está na nossa pele. E é responsável por conferir uma estrutura firme e elástica (junto com a elastina) à nossa cútis.

Com o passar dos anos, os efeitos nocivos do sol, o consumo de álcool, o tabagismo e uma alimentação inadequada são fatores que fazem o corpo diminuir a produção do colágeno, favorecendo o surgimento das rugas, sulcos e da flacidez. Com a disponibilidade de uma nova classe de preenchedores, os pacientes possuem mais uma arma para disfarçar os sinais do envelhecimento já existentes com bastante naturalidade, E, também, podem retardar o aparecimento de novas marcas, com um interessante efeito preventivo.

Como qualquer outro tratamento estético, não existe uma idade mínima para a aplicação do Ellansé. Na verdade, isso vai depender inclusive do desejo de cada pessoa, bem como da avaliação realizada pelo dermatologista. Caso essa avaliação revele uma necessidade da correção de imperfeições, saiba que o Ellansé pode ser aplicado com diversos objetivos diferentes, entre os quais podemos destacar:

Preenchimento do sulco nasogeniano e mentoniano (conhecido como bigode chinês)

Lifting do arco da sobrancelha

Preenchimento de dobras e linhas do queixo.

Aumento e reposição do volume perdido das bochechas.

Aumento e reposição do volume perdido do queixo.

Vale lembrar que o Ellansé não é indicado para quem deseja aumentar os lábios, tratar rugas entre as sobrancelhas (glabela) e corrigir a flacidez das pálpebras. Por se tratar de um procedimento minimamente invasivo, a sua aplicação pode ser feita no próprio consultório dermatológico. O tratamento é muito pouco doloroso, pois ele pode der feito com a aplicação de um anestésico local para amenizar qualquer desconforto. É um procedimento que dura entre 30 minutos a 1 hora, no máximo.

Como o procedimento é bastante simples, a recuperação também é tranquila, exigindo poucos cuidados, tais como, evitar banhos muito quentes no dia do procedimento, assim como suspender exercícios físicos nas 24 horas após a sua realização e proteger a pele da exposição solar por 3 a 7 dias.

O efeito preenchedor que suaviza rugas e marcas de expressão é percebido imediatamente, mas ele aparece ainda mais com o passar do tempo, pois o Ellansé promove a bioestimulação do colágeno e a melhora da firmeza da pele. É muito importante inclusive, destacarmos que essa técnica pode ser combinada com outros procedimentos, como os fios de sustentação, a toxina botulínica e até mesmo, o ácido hialurônico, promovendo um efeito ainda mais eficaz no rejuvenescimento facial.

Para finalizar, gostaríamos de ressaltar que o Ellansé, mesmo não sendo um procedimento invasivo, o sucesso da sua aplicação depende principalmente de que o dermatologista tenha profundos conhecimentos da anatomia da face bem como, da forma mais personalizada de aplicação para cada paciente!


*As colunas assinadas não refletem, necessariamente, a opinião do NE10

Questão de pele Cláudia Magalhães Com Registro de Qualificação de Especialista (RQE) nº 1951, é formada pela Unicamp, onde fez residência médica, é especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). É membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e Fellow da Sociedade Americana de Dermatologia (AAD) e da Sociedade Americana de Laser (ASMLS). Seu número de registro no Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) é o 11.769.. recepcao.claudiamagalhaes@gmail.com

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo