Questão de pele

A barba e os cuidados necessários

Publicado em 05/05/2016, às 12h34 | Atualizado em 05/05/2016, às 12h56

Por Cláudia Magalhães

A barba é uma espécie de cartão de visita para qualquer homem / Foto: CanStock

A barba é uma espécie de cartão de visita para qualquer homem Foto: CanStock

Característica fisiológica masculina, em função da ação da testosterona, a barba é uma espécie de cartão de visita para qualquer homem. Tanto para os que optam por exibi-la, quanto para os que preferem o rosto liso e livre de pelos. Ao longo da história e das diferentes culturas, a barba ocupou diversas posições de status. Aos seus adeptos, foram atribuídas qualidades como sabedoria, virilidade, posição social. Inclusive ela já assumiu até mesmo, posicionamento religioso. Para algumas religiões, a presença e o tipo da barba dos homens, podem definir o seu nível hierárquico. 

Da mesma forma, em outros momentos históricos, a barba representou a falta de higiene e de refinamento ou mesmo, de excentricidade. Atualmente, parte desses simbolismos perdeu muita relevância. Exibir pelos no rosto pode apenas ser ou não, uma marca que define a identidade de um homem. Ou simplesmente, ser mais um modismo da estação!

A função da barba é de aquecer e proteger o rosto, funcionando como um dimorfismo sexual entre os seres humanos. O ato de barbear surgiu no mundo ocidental nas últimas décadas, como um significado de cuidado e de boa aparência. Seja qual for o estilo que o homem queira seguir - barbeado; barba por fazer ou barba mais cheia, ele deve saber que todas as opções exigem diferentes cuidados diários, dependendo do estilo adotado.

Chamamos a atenção neste ponto, para a moderna Dermatologia Cosmiátrica, que valoriza a harmonia e a simetria faciais. Considerando um maior embelezamento do rosto masculino, a barba aumenta a largura do terço inferior da face dos homens. Atualmente, este rosto mais largo na sua base é o padrão mais aceito como um rosto masculino proporcional e mais bonito!

Se existe algo que incomoda qualquer homem, é fazer a barba regulamente.

Por outro lado, se existe algo que incomoda qualquer homem, é fazer a barba regulamente. Porém, este incômodo pode ser em parte, amenizado. Há algumas maneiras de minimizar o problema, garantindo um barbear eficiente, livre do ressecamento da pele ou mesmo, do encravamento dos pelos. Veja então, algumas dicas abaixo listadas:

» Dispense o sabonete: a matéria-prima e os princípios ativos dos sabonetes retiram a camada de gordura que tem como função, proteger e hidratar o rosto. Prefira sempre cremes, espumas ou géis de barbear, a fim de preparar a pele para o contato com a lâmina do barbeador. Para as peles secas está mais indicado o creme, assim como o gel e as espumas, são muito melhores para as peles oleosas ou mistas.

» Troque as lâminas com frequência e evite pressioná-la com muita força contra a pele.

» No caso de pele com acne, cuidado para não ferir as lesões inflamadas, o que pode facilitar a disseminação das bactérias próprias da acne, por toda a pele do rosto.

» Temperatura da água: para que a pele não fique ressecada depois da remoção da barba, a temperatura da água não deve ser muito alta. Você pode passar a lâmina tanto dentro como fora do banho, porém, mantenha a água mais para morna do que para quente.

» Movimento do barbear: deslize o barbeador de preferência, em apenas uma única passada, no sentido do crescimento dos pelos. No entanto, existem áreas – como as do pescoço ou do queixo – que exigem um esforço maior e pedem passadas em direções bem variadas, devido a sinuosidade destas regiões.

» Nunca se esqueça do pós-barba: aplique estes produtos que têm a função de cicatrizar quaisquer danos que possam eventualmente surgir na sua pele, durante o ato de barbear-se.

» Sempre que possível, deixe de fazer a barba pelo menos um dia por semana.

» A depilação definitiva com Laser, principalmente na região do pescoço pode ajudá-lo a diminuir os pelos e inclusive, a incidência da foliculite da barba.

Concluindo, podemos afirmar com muita segurança que, com ou sem barba, todo e qualquer homem acaba tendo que seguir uma rotina mínima de toalete diária, com a pele e os pelos do seu rosto!

*As colunas assinadas não refletem, necessariamente, a opinião do NE10

Questão de pele Cláudia Magalhães Formada pela Unicamp, onde fez residência médica, é especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). É membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e Fellow da Sociedade Americana de Dermatologia (AAD) e da Sociedade Americana de Laser (ASMLS). recepcao.claudiamagalhaes@gmail.com

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

Vitrine NE10
Vitrine NE10