Seleção

IFPE divulga concorrência dos cursos técnicos para os quase 23 mil inscritos

Publicado em 19/11/2010, às 18h47 | Atualizado em 30/07/2014, às 08h45

Do JC Online

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) divulgou, nesta sexta-feira (19), a concorrência para a seleção das 3.392 vagas de cursos técnicos da instituição. Ao todo, 22.909 candidatos se inscreveram no processo seletivo. O curso mais concorrido foi o de Segurança do Trabalho, em todas as modalidades (Integrado e Subsequente), oferecido nos campi de Recife, Ipojuca e Caruaru. Os candidatos farão prova no dia 12 de dezembro

» Confira a concorrência

A maior concorrência do curso foi no campus Recife, primeira entrada, modalidade Integrado. São 27,8 candidatos por vaga. No campus Ipojuca, a concorrência de Segurança do Trabalho também foi a maior. São 10,78 candidatos por vaga, na turma que será oferecida na primeira entrada, na modalidade Subsequente (aquela em que o aluno já com o Ensino Médio cursa somente o técnico). No campus Caruaru, a concorrência fechou em 11,43, também na modalidade Sequencial e primeira entrada.

No ranking dos mais disputados, em segundo lugar geral ficou o curso de Edificações do campus Recife, na modalidade Integrado, manhã, primeira entrada. São 23,28 candidatos por vaga. O curso de Química Industrial do campus Recife, também primeira entrada, modalidade Integrado, manhã, aparece como terceiro mais procurado, com 20,3 candidatos por vaga.

O cartão de inscrição já está disponível no site www.ipfe.edu.br. Quem constatar algum dado errado deve solicitar retificação somente até o dia 24 deste mês, das 9h às 12h e das 14h às 17h, no campus onde concorre à vaga. É necessário apresentar documento de identificação e um requerimento cujo modelo se encontra no manual do candidato, disponível no síte do IFPE.

PALAVRAS-CHAVE: vestibular

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.