NE10
Pernambuco - 21.04.14 - Atualizado às 11h37

futebol

Seleção brasileira perde do México por 2 a 1 e fica com a prata

Publicado em 11.08.2012, às 12h44


8cbc1de9e2a83b140632ae77aff81e81.jpg
Brasil cai diante do México e perde a chance do ouro no futebol
Foto: AFP

Do Blog do Torcedor ATUALIZADA ÀS 13h08

O sonho foi mais uma vez adiado. Ainda não foi desta vez que o Brasil conseguiu a medalha de ouro olímpica. Mostrando um futebol confuso e de pouca inspiração ofensiva, a seleção brasileira foi derrotada pelo México, por 2x1, no estádio Wembley. Os gols da partida foram marcados pelo atacante Peralta. O gol brasileiro foi marcado por Hulk, aos 45 minutos do segundo tempo.

O Brasil da Era Mano Menezes mostrou mais uma vez a dificuldade para vencer equipes com mais tradição no esporte. Para chegar até a final, a seleção passou por Egito, Nova Zelândia, Bielo-Rússia, Honduras e Coréia do Sul. Diante do México, a seleção fracassou.

LEIA MAIS

» Prata aumenta coleção de decepções no futebol olímpico;
» Para Thiago Silva, gol no início destruiu estratégia;
» Leandro Damião é o artilheiro dos Jogos de Londres;

O México entrou em campo com o propósito de não deixar o Brasil jogar para, nos contra-ataques, tentar algum gol. Mas antes mesmo do primeiro minuto de jogo, os mexicanos abriram o placar. Aos 28 segundos, o lateral Rafael pega a bola na defesa e toca na fogueira para Sandro.

Esperto, Peralta rouba, avança e chuta no canto direito de Gabriel. Em desvantagem no placar, o Brasil não teve outra alternativa ao não ser partir para o ataque. Mas as principais peças ofensivas, Leandro Damião, Neymar e Oscar, não encontraram espaços para jogar e, assim, a retranca do México.

O Brasil só conseguiu desferir o primeiro chute a gol aos 19 minutos. Leandro Damião tocou para Oscar, que, dentro da área, se livrou da marcação e chutou para fora. Vendo que a seleção não conseguia ser ofensiva, Mano Menezes não demorou a fazer a primeira mudança. Aos 31, Hulk entrou no lugar do apagado Alex Sandro.

Seis minutos depois, o atacante com nome de personagem em quadrinhos mandou um petardo e o goleiro Corona teve que se virar para fazer uma grande defesa. O Brasil apresentou uma melhora. Passou a trabalhar mais a bola e a usar as laterais do campo. Aos 40, Marcelo tabelou com Oscar e chutou perto do gol.

No segundo tempo, o Brasil entrou em campo mais aceso. Neymar, Leandro Damião e Oscar resolveram chamar a responsabilidade, imprimindo um ritmo veloz na frente. Depois de dois bons chutes a gol nos minutos iniciais, a ofensividade brasileira foi ficando arrefecida com o passar do tempo. Os mexicanos mostraram uma garra incrível. Ajustaram a marcação e atrapalharam e muito a saída de bola brasileira.

O nervosismo passou a tomar conta da equipe comandada por Mano Menezes. Aos 19 minutos, Tiago Silva erra feio e Fabian rouba a bola. O atacante divide a bola com o goleiro Gabriel e, no rebote, de bicicleta, acerta o travessão.

O lance mostrou que o México ainda estava vivo no jogo. Aos 23 minutos, Peralta conseguiu balançar as redes, mas a arbitragem anulou, assinalando impedimento. Nove minutos depois, não teve jeito. Após cobrança de falta da direita, Peralta, livre de marcação, acerta uma bela cabeça, sem chance para o goleiro Gabriel.

A partir daquele instante, o Brasil, que já contava com Alexandre Pato em campo (havia entrado no lugar de Sandro), partiu para o ataque na base do abafa.

Mas a equipe já não tinha o controle tático, técnico e muito menos emocional do jogo. Aos 40 minutos, Juan rouba a bola e toca para o lateral Rafael, que ao tentar fazer uma jogada de efeito, perdeu a jogada e cometeu falta. Juan discutiu severamente com o lateral. E Mano o tirou de campo para acionar Lucas.

Mesmo assim, aos 45 minutos, o Brasil ainda conseguiu diminuir o placar. A bola sobrou para Hulk, que invadiu a área e tocou na saída do goleiro. A seleção continuou em cima e quase empata o jogo. Após cruzamento da direita, Oscar, livre de marcação, cabeceou para fora. E o placar ficou inalterado. Festa mexicana.

Compartilhe essa notícia

DIGG NEWSVINE STUMBLE WINDOWS LIVE GOOGLE FACEBOOK MYSPACE
Comente esta matéria
validador 

Cadastre-se! Esqueceu a senha? O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. Para participar, é preciso ser cadastrado no Portal.
De: Mefistófelis- 11/08/2012 16:07

Sempre detestei futebol, não sei se por ser asmático desde criança, ter sido alvo pra chacotas e achincalhes de colegas estúpidos, ou se foi o fanatismo abjeto que repudieei na sociedade brasileira, ou se foram as duas coisas juntas, só sei que odeio futebol. E ainda mais hoje em dia, que me passam direto goela abaixo, quando eu ligo a tv, bola, bola e bola, a imagem do neymar, neymar e neymar e principalmente também por este fanatismo servir de mote pra propaganda golbista do pt. Estou feliz da vida porque o brasil perdeu, não torço pro brasil nas olímpiadas nem no futebol, nem em nada e muito menos o torcerei nas olímpiadas. Nessa, então, torço para que o brasil perca feio, de goleada. Na moral!!!

De: CÉLIO REBELO VASCONCELOS- 11/08/2012 14:41

Quando as Olimpíadas Modernas começaram em 1896,pelo idealismo do Françês Barão de COUBERTIN,era com Atletas Amadores,Mas a busca por Lucro(Comitês Olímpícos,Redes de Televisão,AGÊNCIAS de PUBLICIDADE),transformaram a OLIMPÍADA,que do sentido Restrito:Competir Olimpicamente(competir por Esporte,ou seja:por gostar de determinado tipo de Esporte),Passou simplesmente a Competir por Intreresse Financeiro ( Dinheiro).VEJA o exemplo do Futebol,não tem nenhum Atleta Amador(NEYMAR,ALEXANDRE PATO,PAULO HENRIQUE GANSO,são atletas Profissionais e ganham muito bem).No caso especifíco do FUTEBOL,só existe uma Diferença entre a COPA DO MUNDO e a OLIMPÍADA:É o Número de PARTICIPANTES.Enquanto a Copa do Mundo tem 32 Seleções,a OLIMPÍADA tem 16 seleções,ou seja é uma Copa do Mundo em MINIATURA.A participação do BRASIL oLIMPÍADA,mais uma vez foi ridícula.Para a Olímpiada de 2016,vão construir Estádios,Piscinas,QUADRAS de ESPORTES que depois serão ELEFANTES BRANCOS,igual aos Estádios AFRICA do SUL=2010

De: Tarcisio silva- 11/08/2012 13:19

E e brasil ainda quer fazer bonito em 2016. Especialidade do brasil, bronze e prata.

Publicidade



especial

Derrepente virtual

Derrepente virtual

Produzido por concluintes do curso de Jornalismo da Católica, especial mostra como a literatura de cordel sobrevive na era virtual.

Sistema Jornal do Commercio de Comunicação
© Copyright © 1997-2014, SJCC - Sistema Jornal do Commercio de Comunicação - Recife - PE - Brasil
Grupo JCPM