Polícia

Dono de engenho é sequestrado em Xexéu

Publicado em 30/03/2012, às 12h26 | Atualizado em 22/07/2014, às 06h10

Do NE10

Atualizado às 14h35

O dono do Engenho Caiçara, Bráulio Buarque de Gusmão Filho, 53 anos, foi sequestrado na tarde dessa quinta-feira (29) no município de Xexéu, Zona da Mata Sul de Pernambuco. Ele foi abandonado cerca de duas horas depois pelos sequestradores no Engenho Ouro Branco, em Alagoas, após pagar resgate.

Há informações não confirmadas de que o valor entregue aos criminosos foi de R$ 20 mil. Depois do susto, o empresário descansa com a família, mas deve prestar esclarecimentos à polícia em breve. "Só conversamos informalmente. Ele estava muito abalado", disse o delegado Franklin Soriano, das delegacias de Xexéu e Palmares, que investiga o caso.

A suspeita da polícia é que o sequestro foi cometido por quatro homens, com identidade ainda não divulgada. Segundo o delegado, Bráulio Buarque pediu o dinheiro para o pagamento do resgate a um funcionário.

"Foi através de uma denúncia que saímos em diligências. Ao cruzar a fronteira, tivemos também o apoio da Polícia Militar alagoana. Mas, quando avistaram as viaturas, os suspeitos abandonaram o local em direção ao canavial", afirmou o Soriano. Ao longo da madrugada, os sequestradores foram buscados, mas continuam foragidos.

Na fuga, os suspeitos abandonaram um veículo Polo, furtado há suas semanas. Também havia o carro da vítima, que já foi recuperado e devolvido à família. De acordo com o delegado, o empresário não sofreu agressões nas duas horas em que ficaram em poder dos sequestradores.

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.