NE10
Pernambuco - 18.04.14 - Atualizado às 22h47

Polícia // FUGA

Após renderem porteiro, seis menores fogem da Funase de Arcoverde

Publicado em 20.08.2012, às 07h36


Do NE10 Núcleo SJCC/Caruaru

Seis menores fugiram na tarde desse domingo (19) da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco.

De acordo com a Polícia Militar, após o horário de visita da instituição, por volta das 17h, um porteiro foi rendido por um interno que estava armado com uma arma artesanal Ainda segundo a PM, outro menor jogou tinta no rosto do funcionário. Após a investida os menores tiveram acesso ao pátio da unidade e pularam o muro.

Três armas artesanais, um recipiente com tinta guache, um sabonete e uma toalha foram apreendidos e entregues na delegacia local. Os jovens fugitivos ainda não foram identificados e a polícia está à procura dos mesmos.

Compartilhe essa notícia

DIGG NEWSVINE STUMBLE WINDOWS LIVE GOOGLE FACEBOOK MYSPACE
Comente esta matéria
validador 

Cadastre-se! Esqueceu a senha? O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. Para participar, é preciso ser cadastrado no Portal.
De: Vicente Henrique- 20/08/2012 14:10

Quem está preso ("recolhido", para os idiotas @#$% direitos humanos e do ECA) não deveria ter visitas. Mas essas leis, com o famigerado "Estatuto da Criança e do Adolescente", o tal do ECA, acobertam esses bandidos mirins. É nisso que dá, fugiram e devem estar praticando todo tipo de delito, amedrontando a sociedade refém desse diabólico "Estatuto"! Deputados e Senadores, tão bandidos quanto eles, nada fazem para mudar essas leis malucas que só existem no Brasil! Nenhum país do mundo tem leis como esse "Estatuto", só aqui! Até quando seremos reféns e prejudicados por esses bandidinhos assassinos, que não têm nenhuma perspectiva de recuperação? Quem comete delitos deveria perder todos os direitos constitucionais, deixar de ser tratado como cidadão;isso já seria uma punição, além da que o meliante deve receber por seu crime. Mas no Brasil é uma verdadeira zona e isso estimula a criminalidade em geral. Aqui só têm direitos, inclusive visitas íntimas regadas a bebidas e drogas!

Publicidade



especial

O largo, o povo e a bola

O largo, o povo e a bola

A saga de paixão do Santa Cruz faz 100 anos em 3 de fevereiro de 2014

Sistema Jornal do Commercio de Comunicação
© Copyright © 1997-2014, SJCC - Sistema Jornal do Commercio de Comunicação - Recife - PE - Brasil
Grupo JCPM