rio

Vasco e Flamengo empatam na abertura da decisão

Publicado em 06/04/2014, às 19h21 | Atualizado em 19/07/2014, às 00h40

Fonte: Agência Estado

Em um jogo tenso, como era esperado para uma final entre dois grandes rivais, Vasco e Flamengo empataram por 1 a 1, na tarde deste domingo, no Maracanã, no primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca. O título será definido no próximo domingo, em novo encontro entre flamenguistas e vascaínos, no mesmo local.

Diante de um público pequeno para um clássico decisivo - foram pouco mais de 26 mil presentes no Maracanã -, o jogo ficou marcado mais pelos desentendimentos e confusões dentro de campo do que pelo futebol apresentado pelos dois lados. Com o resultado, o Flamengo precisa agora somente de um novo empate no domingo que vem para se tornar campeão carioca. Ao Vasco, resta a vitória.

Antes do clássico começar, foi realizado um minuto de silêncio em homenagem ao ator José Wilker, que morreu no dia anterior no Rio. Em campo, o Vasco entrou em campo praticamente com força máxima, apostando numa formação ofensiva com três atacantes. Já o Flamengo esteve bastante desfalcado, sem contar com titulares como Leonardo Moura, André Santos, Elano e Hernane.

O jogo começou bastante disputado, com muita correria dos dois times. Mas foi o Vasco quem abriu o placar, logo aos 11 minutos, após uma cobrança de escanteio que o zagueiro Rodrigo cabeceou para o gol. Depois disso, a tensão tomou conta do clássico. Alguns jogadores começaram a chegar com força excessiva nas divididas, o que causou desentendimentos dentro de campo.

Nervosos, os dois times erravam muitos passes e abusavam das faltas. Um pouco mais organizado, era o Vasco quem criava mais jogadas de perigo. Mesmo assim, o time do técnico Adilson Batista não soube aproveitar essa leve superioridade ofensiva para ampliar a vantagem, o que acabou custando caro no segundo tempo, quando o Flamengo foi buscar o empate no Maracanã.

Os ânimos continuaram exaltados no segundo tempo. Tanto que, o atacante Everton Costa recebeu o segundo cartão amarelo após dar uma solada em Frauches e foi expulso de campo aos 10 minutos, deixando o Vasco com um jogador a menos. Aí, o Flamengo passou a controlar as ações e não demorou para chegar ao empate. O gol veio aos 15, num lindo chute do meia-atacante Paulinho.

Depois disso, o Flamengo passou a explorar a velocidade de seu ataque, principalmente com Everton e Negueba, em busca do segundo gol. Mas também não quis se expor muito. Do outro lado, o Vasco lutou com garra para conter a pressão adversária até o fim e segurar o empate. Assim, o clássico deste domingo terminou mesmo empatado, deixando tudo aberto na decisão do título carioca.

FICHA TÉCNICA:

VASCO 1 X 1 FLAMENGO

VASCO - Martin Silva; André Rocha, Luan, Rodrigo e Marlon; Guiñazu, Pedro Ken e Douglas (Bernardo); Reginaldo (Fellipe Bastos), Everton Costa e Edmilson (Thalles). Técnico - Adilson Batista.

FLAMENGO - Felipe; Léo (Negueba), Samir, Wallace e Frauches (Everton); Amaral, Márcio Araujo, Luiz Antônio e Mugni (Gabriel); Paulinho e Alecsandro. Técnico - Jayme de Almeida.

GOLS - Rodrigo, aos 11 minutos do primeiro tempo; Paulinho, aos 15 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Nunes de Sá.

CARTÃO AMARELO - Felipe, Léo, Everton e Samir (Flamengo); Douglas, Fellipe Bastos e André Rocha (Vasco).

CARTÃO VERMELHO - Everton Costa.

RENDA - R$ 1.324.300,00.

PÚBLICO - 20.844 pagantes (26.242 presentes).

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio.

PALAVRAS-CHAVE:

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.