guia eleitoral

Eduardo diz que críticas sobre Compesa são mentiras de gente desesperada

Publicado em 24/09/2012, às 21h14 | Atualizado em 21/07/2014, às 12h00

Do NE10

Com o guia do PSB desta segunda (24) focado nas proposições para Saúde, os socialistas reservaram o calor das imagens para o final. Nos últimos minutos do programa exibido esta noite, o presidente da Chesf, João Bosco, e o governador do Estado, Eduardo Campos, foram os trunfos da campanha de Geraldo Júlio para rebater as críticas sobre a Parceria Público-Privada (PPP) da Compesa, assunto levantado por Roberto Numeriano (PCB) e explorado pelo petista Humberto Costa durante a disputa.

» Na Rádio Jornal, Geraldo Julio diz que Humberto mente sobre PPP da Compesa e nega privatização

O assunto tem esquentado a reta final da disputa, em um momento onde, diante da manutenção da liderança de Geraldo, o tucano Daniel Coelho toma a vice-liderança e desbanca o PT nas pesquisas. As aparições rebatendo as investidas petistas começaram com João Bosco associando a discussão da PPP ao período em que Humberto Costa esteve à frente da Secretaria das Cidades do Estado – passagem que utiliza como trunfo para associar sua candidatura à aprovação de Eduardo, padrinho de Geraldo.

Na sucessão das falas em defesa do candidato socialista, seu mentor, Eduardo Campos, afirmou que a Compesa não será privatizada e que as contas não terão os preços aumentados. Nas palavras dele, essa é uma estratégia de “gente desesperada para ganhar uma disputa eleitoral”. E emendou: “o Recife está cheio de problemas, e problemas se resolvem com planejamento e trabalho, não com mentiras”.

No restante do tempo dedicado à Frente Popular, Geraldo Júlio enfatizou suas propostas para a Saúde, detalhando o funcionamento das UPAs-E e o sistema de integração com os Postos de Saúde da Família (PSFs). Utilizando personagens para fortalecer o apelo emocional, o socialista destacou ao atendimento especializado, a agilidade nas consultas e a contratação de 400 médicos como metas para a sua gestão, caso seja eleito.

PALAVRAS-CHAVE: eleições 2012

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.