NE10
Pernambuco - 20.04.14 - Atualizado às 05h30

avaliação

No Brasil, Colégio de Aplicação tem melhor desempenho no Ideb

Publicado em 14.08.2012, às 17h52


Do NE10

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, no fim da tarde desta terça-feira (14), o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2011. Na avaliação do 5º ao 9º anos do ensino público, o Colégio de Aplicação, do Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), no Recife, recebeu nota 8,1, e é a insituição mais bem avaliada do Brasil nessas séries.

Em Pernambuco, as escolas do interior despontam no ranking das 10 instituições que obtiveram as melhores notas para o ensino fundamental I e II. Segundo a pesquisa, as instituições pernambucanas mais bem avaliadas obtiveram nota 6, superior à estimativa para 2022. Ainda na capital pernambucana (5º ao 9º anos), a Escola do Recife - Fcap/UPE (7,3) e o Colégio Militar do Recife (6,6) ficam em segundo e terceiro lugares. As demais escolas do ranking são todas do interior (veja tabela abaixo).

LEIA MAIS:
» Escola integral de Caruaru apresenta a maior nota no Idepe 2011
» Nota do Ideb em Pernambuco aumenta, mas ainda é baixa

ÍNDICE - A avaliação, criada em 2007 para medir a qualidade de cada escola e cada rede de ensino do País, é apresentada numa escala de zero a dez. O índice é medido a cada dois anos e o objetivo é que o País, a partir do alcance das metas municipais e estaduais, tenha nota 6 em 2022 – correspondente à qualidade do ensino em países desenvolvidos.

» Melhores escolas públicas do 5º ao 9º anos do Brasil

Colégio de Aplicação da UFPE (Recife/PE) - 8,1
CE Waldomiro Pita (Cambuci/RJ) - 7,8
Colégio Militar de Salvador (Salvador/BA) - 7,2
Colégio Militar de Belo Horizonte (Belo Horizonte/MG) - 7,2
Colégio Militar de Curitiba (Curitiba/PR) - 7,0
Colégio Militar da UFS (São Cristovão/SE) - 6,9
Colégio Militar de Campo Grande (Campo Grande/MS) - 6,9
Francisco Ricardo da Silva EEIEF (Mucambo/CE) - 6,8
Colégio Militar de Fortaleza (Fortaleza/CE) - 6,8
Escola Municipal Santa Cruz (Farroupilha/RS) - 6,8
Colégio Militar de Santa Maria (Santa Maria/RS) - 6,8

» Melhores escolas públicas do 1º ao 4º anos de Pernambuco

Quixaba - Escola Municipal São Miguel - 7,8
Santa Maria do Cambuca - Grupo Escolar Amara Ana de Jesus - 7,1
Quixabá - Escola Tomé Francisco da Silva - 7,0
Tuparetama - Escola Ernesto de Souza Leite - 6,5
Canhotinho - Escola Pe. Antônio Callou de Alencar - 6,2
Trinfo - Escola Monsenhor Luiz Sampaio - 6,2
Tupanatinga - Escola Municipal Pres. Tancredo Neves - 6,2
Recife - Escola Professor Josué de Castro - 6,1
Recife - Escola Municipal Asa Branca - 6,1
Santa Cruz da Baixa Verde - Escola Regina Pacis - 6,0
Tupanatinga - Escola Municipal Cristo Rei - 6,0

» Melhores escolas públicas do 5º ao 9º anos de Pernambuco

Recife - Colégio de Aplicação - 8,1
Recife - Escola do Recife - Fcap/UPE - 7,3
Recife - Colégio Militar do Recife - 6,6
Garanhuns - Escola de Aplicação Profa. Ivonita Alves Guerra - 6,3
Afogados da Ingazeira - Centro de Excelência Mun. D. João José da Mota Albuquerque - 5,7
Nazaré da Mata - Escola de Aplicação Prof. Chaves - 5,3
Petrolina - Escola de Aplicação Profa. Vande Souza Ferreira - 5,2
Quixabá - Escola Tomé Francisco da Silva - 5,2
Araripina - Escola de Aplicação Profa. Raimunda Reis de Alencar - 5,1
Tuparetama - Escola de Referência Cônego Olímpio Torres - 5,1
Vertentes - Escola de Referência em Ensino Médio Gil Rodrigues - 5,1

Compartilhe essa notícia

DIGG NEWSVINE STUMBLE WINDOWS LIVE GOOGLE FACEBOOK MYSPACE
Comente esta matéria
validador 

Cadastre-se! Esqueceu a senha? O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. Para participar, é preciso ser cadastrado no Portal.
De: Ibrahim Correa.- 16/08/2012 06:50

O maior problema das avaliações do ideb(saeb/saepe),aqui na área metropolitana,é como motivar os alunos para fazer uma prova que não serve individualmente para os mesmos. Eles fazem de todo jeito a prova,tentando se livrarem o mais rápido possível da mesma.Quando os professores avisam que haverá tais avaliações,os alunos reagem,dizendo que não querem fazer,que não vão comparecer,e mais outras coisas... É uma falta de interesse tremenda.No Enem, os alunos ficaram motivados depois que se tornou forma de acesso para as universidades.As autoridades educacionais deveriam criar uma forma de motivação para o Saeb e Saepe. Dizer que está avaliando o ensino,a escola não motiva nossos alunos.

Publicidade



especial

Largos e Pátios - pedras que contam a história

Largos e Pátios - pedras que contam a história

No aniversário das cidades, o portal convida a um passeio pelos pátios do Recife e largos de Olinda

Sistema Jornal do Commercio de Comunicação
© Copyright © 1997-2014, SJCC - Sistema Jornal do Commercio de Comunicação - Recife - PE - Brasil
Grupo JCPM