Protesto

Professores grevistas de universidades federais de Pernambuco realizam banneraço

Publicado em 14/06/2012, às 15h15 | Atualizado em 21/07/2014, às 22h30

Do NE10

Docentes grevistas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) realizaram um ato simbólico de protesto na manhã desta quinta-feira (14), na Praça da Independência, mais conhecida como Praça do Diário, no Centro do Recife. A paralisação começou no dia 17 de maio.

A manifestação foi intitulada "banneraço". Os professores expuseram cartazes com as suas principais pesquisas e trabalhos para mostrar as suas produções acadêmicas. Além disso, houve uma panfletagem com a pauta de reivindicação da categoria.

LEIA MAIS:
>> Com quase um mês de greve, clima nas universidades federais de Pernambuco é de incerteza
>> Greve já atinge 51 instituições de ensino superior, sem data para nova negociação

Os professores protestam contra a situação da carreira atual e a estagnação nas negociações com o governo para um rejuste salarial. De acordo com o presidente da Adufepe, Jaime Mendonça, o governo não cumpriu o acordo feito em 2011, que garantia um reajuste de 4% a partir de março deste ano, incorporação da gratificação específica do magistério superior (Gemas) e compromisso de reestruturar as carreiras do magistério superior e ensino básico, técnico e tecnológico.

A última paralisação da UFPE, também de caráter nacional, foi em 2005 e durou cerca de três meses. A principal reivindicação era de um reajuste de 18%. Essa greve acabou sem que houvesse possibilidade de negociação com o governo federal.

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.