NE10
Pernambuco - 18.04.14 - Atualizado às 20h13

Para Todos

Abertas inscrições para seis mil bolsas do Proupe

Publicado em 24.10.2011, às 13h44

Do NE10

O Governo do Estado abre inscrições, a partir desta segunda-feira (24) até o dia 4 de novembro, para o Programa Universidade para Todos de Pernambuco (Proupe), que beneficia estudantes de baixa renda com bolsas de estudo. Estão sendo oferecidas seis mil bolsas integrais e parciais nas 13 autarquias municipais.

» Confira o edital e documentação necessária para o Proupe

As 13 autarquias que integram o programa estão localizadas nos municípios de Cabo de Santo Agostinho, Goiana, Palmares, Limoeiro, Garanhuns, Belém de São Francisco, Belo Jardim, Arcoverde, Araripina, Salgueiro, Serra Talhada, Afogados da Ingazeira e Petrolina.

Para se inscrever, é necessário ser brasileiro, não ter curso superior, estar matriculado em algum curso superior em instituição vinculada ao Proupe, além de ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituição privada na condição de bolsista integral.

Os resultados do processo seletivo serão divulgados no dia 8 de novembro, a partir das 12 horas na secretaria de cada uma das autarquias.

CONDIÇÕES
- O bolsista do Proupe deve manter vínculo de matrícula com o curso da autarquia para o qual concorreu à bolsa. O beneficiário de bolsa integral ou parcial deverá apresentar aproveitamento acadêmico em, no mínimo, 75% das disciplinas cursadas em cada período letivo, em conformidade com as normas da IES. O aluno não poderá estar matriculado em outro curso.

Compartilhe essa notícia

DIGG NEWSVINE STUMBLE WINDOWS LIVE GOOGLE FACEBOOK MYSPACE
Comente esta matéria
validador 

Cadastre-se! Esqueceu a senha? O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. Para participar, é preciso ser cadastrado no Portal.
De: sergio luiz- 24/10/2011 16:25

É o seguinte pessoal: estudei até o primeiro ano do científico(vê o tempo) quando comecei a trabalhar pra pagar o resto dos estudos e concluí no colégio 2001 lá pros anos 80. Hoje não tenho direito a nenhum benefício ou ajuda dessas que aparecem porque procurei minha melhora naquele tempo porque a escola pública todos sabem deixam a desejar e agora mais velho e mesmo assim querendo concluir um curso superior, sou excluído porque não concluí todo o período em escola pública. Vamos repensar isso que tem muita gente de antigamente querendo voltar a estudar e entrar nessas cotas por ai e é barrado porque procurou a sua melhoria no passado. E tem mais, na idade em que me encontro já teve tempo de altos e baixos por conta de vários planos econômicos e a velha máxima de que o de cima sobe e o de baixo desce.

Publicidade



especial

Largos e Pátios - pedras que contam a história

Largos e Pátios - pedras que contam a história

No aniversário das cidades, o portal convida a um passeio pelos pátios do Recife e largos de Olinda

Sistema Jornal do Commercio de Comunicação
© Copyright © 1997-2014, SJCC - Sistema Jornal do Commercio de Comunicação - Recife - PE - Brasil
Grupo JCPM