NE10
Pernambuco - 20.04.14 - Atualizado às 12h57

Internacional // Change.org

Petição online pressiona justiça dos EUA sobre caso de pernambucana presa no Texas

Publicado em 04.02.2014, às 11h09


02b9d01b76833f6edf27b93965f9fc67.jpg
Karla está presa no Texas desde o último dia 16 de janeiro e Amy, no abrigo, sob proteção do Estado do Texas
Foto: Facebook/Welovekarlamy

Do NE10

Familiares e amigos da pernambucana Karla Janine, 43 anos, presa no Texas (EUA) desde o dia 16 de janeiro, criaram um abaixo-assinado online no change.org no intuito de pressionar a Justiça norte-americana sobre o caso. Karla foi detida por descumprir ordem judicial da Flórida ao fugir com a filha de seis anos, que teria sido agredida sexualmente pelo próprio pai. Amy permanece em um abrigo, sob proteção do Estado do Texas.

A petição foi publicada no último domingo (2) e, em menos de uma hora, reuniu mais de 100 assinaturas. Até as 11h desta terça-feira (4), mais de 400 pessoas aderiram à causa. Por ser enderaçado a autoridades norte-americanas o texto é em inglês e representa uma carta que "simbolicamente" teria sido escrita pela garota Amy endereçada à primeira-dama Michelle Obama.

Para assinar a petição, basta inserir nome, sobrenome, e-mail e cidade. "Nossa intenção é que o maior número de pessoas assinem a petição e essa carta, de fato, chegar ao conhecimento da senhora Michelle Obama", afirmou a prima de Karla, Isabelle Sarmento.

LEIA MAIS:
» Itamaraty concede registro de dupla cidadania para criança
» OAB-PE promete ajudar pernambucana
» Pernambucana permanece presa; nova audiência nesta quarta
» Pernambucana pode pedir dupla cidadania da filha
» Itamaraty não tem permissão para fazer contato com filha
» Pernambucana foge com filha e acaba presa nos EUA

SEM ADVOGADO - Apesar de o embaixador Isnard Penha Brasil Jr., que exerce a chefia do Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores na Região Nordeste, tenha informado à família de Karla e Amy que um advogado teria sido designado pelo Consulado para acompanhar o caso, a informação ainda não foi confirmada. A terceira audiência será realizada nesta quarta-feira (5).

O CASO - Segundo os familiares de Karla, ela fugiu de casa, na Flórida, após sofrer violência doméstica por parte do ex-marido, que é americano, e constatar que a criança havia sido violentada por ele quando tinha apenas três anos de idade. A menina relatou o caso na escola, e exames constataram o abuso sexual. Patrick também está fichado no Departamento de Polícia da Flórida como “sex offender”. O termo define alguém que comete ou estimula atos sexuais com ou na presença de menores de 16 anos. Karla denunciou o ex-marido à Justiça. O processo foi arquivado e por isso ela teria fugido com a filha para o Texas.

DOAÇÕES - Os familiares de Karla criaram uma campanha para arrecadar recursos para as custas processuais. Contribuições podem ser feitas no site http://igg.me/p/653510, ou por meio de depósito na conta da mãe de Karla, Kátia Sarmento Martins de Albuquerque. (Banco Bradesco, agência 3201-8 / CC 0174551-4). Página no Facebook: Welovekarlamy.

Compartilhe essa notícia

DIGG NEWSVINE STUMBLE WINDOWS LIVE GOOGLE FACEBOOK MYSPACE


Comente esta matéria


Cadastre-se! Esqueceu a senha? O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. Para participar, é preciso ser cadastrado no Portal.

Publicidade



ranking

especial

Largos e Pátios - pedras que contam a história

Largos e Pátios - pedras que contam a história

No aniversário das cidades, o portal convida a um passeio pelos pátios do Recife e largos de Olinda

Sistema Jornal do Commercio de Comunicação
© Copyright © 1997-2014, SJCC - Sistema Jornal do Commercio de Comunicação - Recife - PE - Brasil
Grupo JCPM