NE10
Pernambuco - 24.04.14 - Atualizado às 20h56

Grande Recife // Polícia

Morte de empresário em Porto de Galinhas foi planejada por cunhado, diz polícia

Publicado em 29.06.2010, às 18h52

Do JC Online Com informações do repórter Everson Teixeira
Marcelo Settini, cunhado de Irajá, foi preso na manhã desta terça-feira
Marcelo Settini, cunhado de Irajá, foi preso na manhã desta terça-feira
Foto: Divulgação

A polícia acredita que a morte do empresário Irajá Santos, dono do restaurante Barcaxeira, em Porto de Galinhas, no Litoral Sul de Pernambuco, teria sido planejada pelo seu próprio cunhado, Marcelo Settini, preso na manhã desta terça-feira (29).

O cunhado, que trabalhava no Barcaxeira, teria planejado o assssinato porque queria ter mais poder sobre o estabelecimento, já que, após a morte do empresário, a sua esposa, irmã de Irajá, assumiria o restaurante. Além disso, o acusado queria roubar o valor de R$ 200 mil que ele acreditava estar na residência de Irajá.

» Mulher de comerciante é investigada

Segundo a polícia, Marcelo teria contratado o jovem Paulo Roberto Brandão, 22 anos, para assassinar o empresário. O homem, juntamente com a namorada de 14 anos, que presenciou o crime, foram detidos nessa segunda (28) no Aeroporto Intenacional do Recife, ao tentar embarcar para São Paulo.

O jovem Paulo Roberto foi autuado por latrocínio, roubo seguido de morte. Ele, juntamente com Marcelo Settini, seguirão para o Centro de Triagem (Cotel) em Abreu e Lima.

O empresário Irajá dos Santos era dono do Barcaxeira havia 12 anos e foi assassinado em casa com uma facada no peito no último dia 27.

Compartilhe essa notícia

DELICIOUS DIGG NEWSVINE STUMBLE WINDOWS LIVE GOOGLE FACEBOOK MYSPACE TWITTER
Comente esta matéria
validador 

Cadastre-se! Esqueceu a senha? O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O JC ONLINE reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. Para participar, é preciso ser cadastrado no Portal.

Publicidade



ranking

especial

Derrepente virtual

Derrepente virtual

Produzido por concluintes do curso de Jornalismo da Católica, especial mostra como a literatura de cordel sobrevive na era virtual.

Sistema Jornal do Commercio de Comunicação
© Copyright © 1997-2014, SJCC - Sistema Jornal do Commercio de Comunicação - Recife - PE - Brasil
Grupo JCPM