NE10
Pernambuco - 24.04.14 - Atualizado às 05h20

Economia // crise

Economista chefe do FMI reconhece erros na Grécia

Publicado em 08.06.2013, às 19h58


O Fundo Monetário Internacional (FMI) e os países europeus "perderam tempo" no resgate financeiro da Grécia, quando se negaram a reduzir em 2010 o peso da dívida, admitiu o economista chefe do FMI, Olivier Blanchard, em uma entrevista à rádio France Inter.

"Efetivamente, não foi o ideal ... perdemos provavelmente tempo", reconheceu o economista francês ao ser questionado sobre o 'mea-culpa' da instituição, que admitiu durante a semana "erros consideráveis" no primeiro plano de resgate da Grécia há três anos.

"Com certeza, deveríamos estar dispostos a renegociar a dívida desde o início, a dar um pouco mais de ar à Grécia para que pudesse solucionar mais facilmente, mas no contexto europeu de então não existiam as condições", explicou.

O FMI - disse - defendeu uma reestruturação, ou seja uma redução do peso da dívida grega, mas os europeus eram taxativamente contrários porque temiam os efeitos de contágio a outros países.

Esta solução acabou se impondo um ano depois, mas não de forma decisiva, segundo Blanchard. "A dívida ainda é bastante elevada e isto tem consequências hoje, porque os investidores continuam contrários a emprestar dinheiro à Grécia", afirmou.

Ao falar sobre o fato do FMI ter subestimado o efeito das políticas de austeridade sobre o crescimento, reconhecido pela instituição, Blanchard disse que era um erro de apreciação. "Não há doutrina, nos baseamos na teoria, no que aconteceu em muitos outros países antes, e algumas vezes nos equivocamos", afirmou.

Blanchard também atribuiu a falta de crescimento na Europa a um déficit de confiança que afeta o velho continente.

Fonte: AFP

Compartilhe essa notícia

DIGG NEWSVINE STUMBLE WINDOWS LIVE GOOGLE FACEBOOK MYSPACE


Comente esta matéria


Cadastre-se! Esqueceu a senha? O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. Para participar, é preciso ser cadastrado no Portal.

Publicidade



ranking

  1. Nenhuma notícia lida até o momento

especial

Sport Campeão Nordestão 2014

Sport Campeão Nordestão 2014

A conquista e a campanha para o Leão chegar a seu título na Copa Nordeste

Sistema Jornal do Commercio de Comunicação
© Copyright © 1997-2014, SJCC - Sistema Jornal do Commercio de Comunicação - Recife - PE - Brasil
Grupo JCPM