NE10
Pernambuco - 16.04.14 - Atualizado às 18h49

Economia // varejo

Recife terá saldão do Magazine Luiza

Publicado em 27.07.2010, às 07h50

Do Jornal do Commercio

A partir do próximo ano, o consumidor nordestino poderá usufruir da Liquidação Fantástica, maior saldão do varejo nacional. Com a aquisição da rede paraibana Lojas Maia pela Magazine Luiza, há cerca de duas semanas, a diretoria do agora terceiro maior grupo varejista do País já adiantou que o dia com descontos de até 70% em eletrodomésticos, móveis e eletroeletrônicos será promovido também no Nordeste. Nessa segunda-feira (26), a presidente do Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, apresentou oficialmente a sua empresa à região.

A Liquidação Fantástica é uma versão brasileira da Black Friday norte-americana – dia em que o comércio dos Estados Unidos inicia a temporada de vendas do Natal com redes ofertando descontos de até 90%. No caso nacional não é diferente. No dia do saldão do Magazine são formadas filas imensas nas portas das lojas, que nessa data abrem às 5h em São Paulo e às 6h nos demais Estados brasileiros. Este ano, a liquidação aconteceu no dia 8 de janeiro.

A compra das Lojas Maia foi a maior investida da história do Magazine Luiza. De uma só vez abocanhou 141 lojas, incorporou 2.300 funcionários e obteve o controle de duas centrais de distribuição capazes de levar produtos para todo o Nordeste. Luiza Helena não revelou o valor da negociação, que durou quatro meses, mas especulações dão conta que a aquisição girou entre R$ 250 milhões e R$ 300 milhões.

Além da Liquidação Fantástica, o Magazine Luiza pretende trazer para a região nordestina todos os seus outros “produtos”: espera incrementar a participação nordestina nas compras pelo portal de comércio eletrônico (www.magazineluiza.com.br) e não descarta implantar as famosas lojas virtuais (onde não há produtos à mostra e o consumidor os escolhe por imagens). Novas unidades, por enquanto, apenas as que já estavam sendo construídas pelas Lojas Maia. São seis ao todo, sendo uma no Recife, que será aberta ainda este ano.

Porém, não contarão com a marca Magazine Luiza. “Queremos manter o nome Lojas Maia por um período. Quando os funcionários estiverem entendendo nossa maneira de trabalhar, vamos passar a estampar as duas marcas e só depois colocaremos a nossa. Não quero estimar tempo para isso acontecer. Estamos aqui para aprender. Estou muito feliz de entrar no Nordeste. Quem não quer estar aqui? A região é a noiva encantada para todos os empresários brasileiros”, afirmou Luiza Helena.

Dona de uma simpatia única, a presidente disse que a compra foi sua maior felicidade nos últimos oito meses, período em que está de luto pela morte do marido. Com a compra das Lojas Maia, o Magazine Luiza, que surgiu como uma loja de presentes em 1976, na cidade de Franca (SP), conta agora 611 unidades espalhadas por 411 cidades e 18 Estados. Possui 16.600 funcionários e a expectativa de faturamento para 2010 é de R$ 5 bilhões. Para 2011, a meta é vender R$ 6 bilhões.

Compartilhe essa notícia

DELICIOUS DIGG NEWSVINE STUMBLE WINDOWS LIVE GOOGLE FACEBOOK MYSPACE TWITTER
Comente esta matéria
validador 

Cadastre-se! Esqueceu a senha? O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O JC ONLINE reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. Para participar, é preciso ser cadastrado no Portal.

Publicidade



ranking

especial

Largos e Pátios - pedras que contam a história

Largos e Pátios - pedras que contam a história

No aniversário das cidades, o portal convida a um passeio pelos pátios do Recife e largos de Olinda

Sistema Jornal do Commercio de Comunicação
© Copyright © 1997-2014, SJCC - Sistema Jornal do Commercio de Comunicação - Recife - PE - Brasil
Grupo JCPM